sexta-feira, 29 de maio de 2009

Tireóide



Localiza-se no pescoço, estando apoiada sobre as cartilagens da laringe e da traquéia. Seus dois hormônios, triiodotironina (T3) e tiroxina (T4), aumentam a velocidade dos processos de oxidação e de liberação de energia nas células do corpo, elevando a taxa metabólica e a geração de calor. Estimulam ainda a produção de RNA e a síntese de proteínas, estando relacionados ao crescimento, maturação e desenvolvimento. A calcitonina, outro hormônio secretado pela tireóide, participa do controle da concentração sangüínea de cálcio, inibindo a remoção do cálcio dos ossos e a saída dele para o plasma sangüíneo, estimulando sua incorporação pelos ossos.

Tireóide



Tiroxina (T4) e triiodotironina (T3) - Regula o desenvolvimento e o metabolismo geral.



Calcitonina - Regula a taxa de cálcio no sangue, inibindo sua remoção dos ossos, o que diminui a taxa plasmática de cálcio.







Principais disfunções hormonais no homem



Tireóide (T3 e T4)


Hipofunção na criança: cretinismo biológico (hipotireoidismo em crianças) - Retardamento no desenvolvimento físico, mental e sexual.









Hipofunção no adulto: bócio endêmico (hipotireoidismo em adultos) - Crescimento exagerado da glândula por deficiência de iodo na alimentação (bócio), apatia, sonolência, obesidade, sensação de frio, pele seca e fria, fala arrastada, edema (inchaço - mixedema), pressão arterial e freqüência cardíaca baixas.




Hiperfunção da glândula: hipertireoidismo - Alto metabolismo, emagrecimento, agitação, nervosismo, pele quente e úmida, aumento da pressão arterial, episódios de taquicardia, sensação contínua de calor, globo ocular saliente (exoftalmia).

Nenhum comentário:

Postar um comentário